Favoritos Recomende

AÉREO CRUZEIROS DICAS HOSPEDAGEM INFORMAÇÕES PARQUES SERVIÇOS TERRESTRE

 

15 DICAS PARA SE DIVERTIR EM UM CRUZEIRO

1- A dica mais importante é escolher bem em qual navio viajar. Hoje em dia há cruzeiros para todos os gostos, públicos e faixas etárias. Saídas temáticas destinadas a fãs de axé music, praticantes de corrida ou artistas plásticos também são cada vez mais comuns. Procure se encaixar em um cruzeiro que combine com seu perfil pois a maior parte do tempo é gasto dentro do navio.

2 - Procure comprar a passagem com antecedência porque os preços costumam subir à medida em que a data da partida se aproxima e o número de vagas diminui.

3 - Não se esqueça de que além do preço do pacote também será necessário arcar com taxas portuárias, que variam de acordo com o cruzeiro.

4 - Costuma ser mais econômico ir de ônibus para o porto de Santos do que pagar o estacionamento no local. Verifique com a agência de viagem horários dos traslados oferecidos pelas empresas.

5 - Os navios costumam ter muitas opções de restaurante e refeições com comida à vontade várias vezes ao dia. A dica então é aproveitar que também há academia e outras opções para a prática esportiva a bordo para não voltar da viagem com quilinhos a mais.

6 - Já as bebidas são cobradas em dólar e têm preços salgados. Não adianta levar bebidas de casa pois as garrafas poderão ser confiscadas caso sejam encontradas por camareiras ou funcionários do navio.

7 - Os navios possuem lojas do tipo "free shop" que funcionam apenas durante os deslocamentos entre cidades, e nunca quando a embarcação está atracada. Os preços são muitas vezes convidativos, mas bebidas, por exemplo, somente serão entregues aos passageiros ao final da viagem.

8 - Os transatlânticos possuem médicos e farmácia a bordo, mas os preços costumam ser bastante elevados e nem sempre é possível encontrar determinado medicamento. Procure levar de casa remédios de uso habitual.

9 - Nunca é demais levar um bom remédio para enjôo. Navios de grande porte balançam pouco e somente quando estão em movimento, mas durante os deslocamentos entre uma cidade e outra esse balanço é constante e dura várias horas. Sapatos de salto muito alto e bebida alcoólica em excesso não são recomendados pelo mesmo motivo.

10 - Informe-se na agência de viagem sobre os trajes da viagem, que variam de acordo com o navio. Há pacotes que incluem jantares de gala e chegam a exigir terno e vestido longo.

11 - Leve protetor solar. Boa parte das áreas comuns do navio são ao ar livre e provavelmente será desagradável não poder aproveitá-las devido a queimaduras.

12 - A forma mais simples de pagar as despesas a bordo é com cartão de crédito. Se levar um cartão, o passageiro só precisará de dinheiro vivo se desembarcar do navio. Lembre-se que a maioria das embarcações não aceita cheques.

13 - Informe-se sobre a voltagem utilizada dentro do navio e sobre possíveis diferenças entre as tomadas brasileiras e dos transatlânticos, que geralmente vêm da Europa ou do Caribe para a temporada na costa brasileira.

14 - Ferros de passar não costumam ser permitidos a bordo por representarem risco de incêndio. É necessário pagar pelos serviços de lavanderia para passar a roupa. Também para evitar incêndios, a tripulação aconselha que não sejam jogados cigarros para fora do navio porque o vento pode trazê-los de volta para um deck inferior.

15 - É possível fazer ou receber ligações e utilizar a internet de dentro do navio, mas fique atento às tarifas. Quando estiver ancorado em alguma cidade, a utilização do celular dentro do navio ou de um orelhão em terra pode ser mais econômica.

 

Copyright (c) 2008. Gold Star Turismo - Todos os direitos reservados